22/09/2016

Sessão poema - Parte XX [Ai De ti!]

arte: Thomas Saliot


Eu não canso de olhar.
Sua foto nesta tela fria.
A cada olhar.
Algo preenche em mim.
Da nuca ao cóccix.
Este corpo vibra...
Como de uma menina.
Menina que há muito tempo se perdeu.
Tudo tem gosto de primeira vez.
E eu, ridícula, fico imaginando sua voz.
Seus olhos azuis a emergir entre minhas pernas.
Suas mãos tateando-me;
Sua boca me selando;
E seus dedos a me dedilhar.
Sorriso bobo e uma mente que peca.
Sucumbir às minhas mãos.
Me prenderiam por atentado ao pudor.
Se caso meus delírios voassem.
Ai De ti! Se eles te alcançassem.
É isto que sua foto provoca.
Imagens do puro gozo a cada posição almejada.
Você em mim.
E a gente assim.
Bêbados e nus.
Brindando o melhor de nós.

Tais Medeiros.

7 comentários:

Alexandre Durden disse...

Curti demais seus textos!! escreva mais!!! ;)

Choconhaque disse...

Obrigada. Fico muito feliz😉

Alexandre Durden disse...

hahah muito bem detalhado, gostei bastante!

Choconhaque disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Choconhaque disse...

🙏 gratidão e volte sempre.

Alexandre Durden disse...

sempre entro e dou uma lida, gosto de textos assim , alimenta a mente hahahah, me chame no email se puder aledurden51@gmail.com

Choconhaque disse...

Pode deixar... Assim que possível. Fique a vontade para ler e fico muito feliz ^^