22/03/2016

Sessão poema - Parte XII [A Igreja Pornomassácrica]

Apollonia Saintclair

Hoje me faço fiel.
A igreja Pornomassácrica.
Onde o pecado predileto é a luxuria.
Sou seguidora de sua impureza, General Sade.
E não há arrependimento que salve.
Queremos tudo, nada mais que isso.
Explodir em êxtase.
Tornar anarquia mandamento.
Devorar a carne.
Em uma carnificina de amor sem pudor.
Eterno pecador.
O amor não mata, mas dói.
A um, a dois a três.
Salve-nos de toda essa correção.
Deixa alma se mostrar suja e nossa lubrificação inundar o salão.
Arranque!
Arranque o gozo mais doce.
Somos aqui, o que queremos ser.
Contracultura;
Contra o exílio do corpo e da mente.
Santificada liberdade.
Ouvindo améns, glórias, oxalá...
Lambendo o Evoé
Eu vivo.
Eu sou.
A igreja Pornomassácrica.


Tais Medeiros

Sou a serpente pronta pro bote
Só eu e você ou quem quiser mais
Todos se amando na frente e atrás
O meu pecado predileto é a luxúria
O meu pecado predileto é a luxúria
De todos os pecados da minha alma impura
O meu pecado predileto é a luxúria

Nenhum comentário: