18/09/2015

Vocês mulheres são realmente difíceis de entender. “Ai queria um cara igual a você e blá blá blá” e quando tem a chance que vocês ficaram choramingando que o destino não dá, fazem o que??? FAZEM O QUE? “Ai! Não dá você é meu melhor amigo.”. Parem com esse complexo de EVA essa autopunição não é só porque ela comeu a fruta podre que vocês terão que comer para vida inteirar. Peste... Na maioria das vezes as pessoas fazem com a gente o que permitimos consciente ou não, mas você pode mudar isso quando tem conhecimento do que quer. [TEXTICULO 21]



- E aí Peste?! Aconteceu alguma? Senti você sem energia no ensaio.

 - RESSACA.

 - Se este fosse o problema você nunca apresentaria uma peça. 

- Ressaca moral é a pior.

 - O que você aprontou? 

- As mesmas coisas de sempre... Álcool, debates, nudes e boys.

 - Me parece uma noite normal. Já sei, deu merda com boy pau da sua vida e blá blá blá...

- O troquei por uma noite de bebedeira.

- Então ele te deixou? Não quer mais te ver?

- Não... Pior... Levou numa boa. Super compreensivo disse que a gente se vê quando der.

 - Aff! Por que a ressaca moral então? Não entendo.

- Cãozinho, ele não se deu ao trabalho de fazer um drama, uma cena, estamos sem nos ver a um mês, acho, ele só disse: Beleza gaataaa. Percebi que não faço falta. Cansei de pessoas vazias.

- Agora são pessoas vazias? Você que transborda e fica fingindo que é vazia. Que não liga para relacionamentos, que o sexo é só para liberar energia, curti e relaxar que o foco é a carreira. Fica usando esses e outros clichês da filosofia do desapegado que só servem para quem é desapegado mesmo. Peste, você transpira sentimento e fica querendo secar por causa de merdas do passado. Porra tu é intensa, não se interrompa garota é por isso que você é atriz, sua profissão é sentir, sentir tudo de bom e ruim suas e dos outros. Não adianta Peste, não há como se abortar agora com quase 30 anos.

- Queria encontrar um cara igual a você.

- Igual a mim?

- É. Inteligente, engraçado, talentoso, romântico, paciente, sincero, irônico e sarcástico.

- Esqueceu-se do lindo, gostoso, sexy e pica das galáxias.

- Besta... Eu queria um cara que mesmo que tenha toda a liberdade do mundo para fazer o que quiser, sem cobranças ou ataques com uma vida livre ainda sim optasse por mim. Entende?

- Fica difícil encontra alguém se a gente não se encontrar. Talvez você deva se estudar como estuda seus personagens. Você os acha por meio de reflexões, vai que funciona com seu eu.

- Quanto mais a idade chega fico mais desbocada e desequilibrada. Gosto e odeio, por que já me vejo uma velha na síndrome da rebelde sem causa. Isso me preocupa Cãozinho, virar uma Peter Pan. Estou me tornando o que mais odiava no finado.

- Não vamos falar do finado, passou essa fase. Você é uma garota de sorte Peste. Eu estou SOLTEIRO, disponível livre no mercado e doido para transar. Tenho as vantagens que já vivo... Ouviu bem? Vivo e não convivo ou sobrevivo com você há anos e já resistir a sua TPM o seu mau humor matinal, suas bebedeiras sem noções e sua vocação para discórdia. Estamos a maior parte do tempo juntos, estudando, trabalhando ou não fazendo nada. Podemos tentar não de cara um namoro, vamos vivendo nossos dias normais como vivemos, mas damos uns beijos ali, umas chupadas lá um carinho acolá.  Agora a gente dividi a cama pelado nas viagens.

- Não dá Cãozinho.

-Lembra? Ame-me pelos meus defeitos e achará  minhas doces qualidades. Você escreveu isso para mim.

- Isso vai dar merda Cãozinho, você é meu melhor amigo.

- AFF!! AFF!! Atenção, atenção bombardeios de clichês, bombardeios de clichês. Para com isso, por favor.

- Cãozinho!!

- Vocês mulheres são realmente difíceis de entender. “Ai queria um cara igual a você e blá blá blá” e quando tem a chance que vocês ficaram choramingando que o destino não dá, fazem o que??? FAZEM O QUE? “Ai! Não dá você é meu melhor amigo.” Parem com esse complexo de EVA essa autopunição não é só porque ela comeu a fruta podre que vocês terão que comer para vida inteirar. Peste... Na maioria das vezes as pessoas fazem com a gente o que permitimos conscientes ou não, mas você pode mudar isso quando tem conhecimento do que quer.

- Já disse Cãozinho você é meu amigo, parceiro, confidente, sócio... Seria baixar a guarda demais.

- Mas é isso criatura baixar a guarda sair dessa esquizofrenia que você criou. Você é livre peste? Faz o que quer sem arrependimento? Dona do corpo e da mente? Não se abala com suas escolhas?

- Você me conhece muito Cãozinho e eu quero você ao meu lado como aliado, não confeccionando bonecos de vodu me praguejando. Tudo começa assim. Vem comigo eu cuido de você, eu te amo, linda, inteligente, gostosa e depois é cai fora, vadia, maluca, perebenta tem muitas melhores que você.

- E o que você faz Peste? Saiu só com inimigos para evitar isso?

- Saio com fortes candidatos há inimigos.

- Estou me declarando seu inimigo agora.

- Para de ser louco.

-Não consigo, nasci assim. Mesmo que não role nem uma trepadinha de Ano Novo eu estou com você sempre. Agora vamos, temos textos de trás para frente para decorar. Esquece essa ressaca moral que não combina com a persona que você decidiu ser.

 - Te amo Cãozinho.

 - Eu também. Vem cá Peste, não rola nem um bacanal Dionisíaco?

Tais Medeiros.

Eu sei tudo sobre o seu passado
E dos passos errados
Um amor maior é o meu presente
Futuro é com você
Se me olhar no olhos
Vai ver
Falar é pouco
Pra quem quer mais

Nenhum comentário: